Actor: Zilmar Fernandes

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
61621 Zilmar Fernandes EMS laboratório farmaceutico Economic - Financial transactions to "Nas eleicoes para Governador do Estado do Mato Grosso do Sul em 2014 em que DELCIDIO DO AMARAL foi candidato, o atual Ministro-chefe da Secretaria de Comunicacao Social da Presidencia da Republica EDINHO SILVA (na epoca, tesoureiro da campanha de DILMA ROUSSEF) orientou DELCIDIO DO AMARAL para que pagasse R$ 1 milhao do saldo da divida da sua campanha, sendo R$ 500 mii devidos il FSB Comunicacao, e mais R$ 500 mii il ZILMAR FERNANDES, atraves de um laboratorio farmaceutica chamado EMS. Atendendo ao pedido de EDINHO SILVA, DELCIDIO solicitou a FSB e ZILMAR que emitissem faturas contra o laboratorio EMS, entretanto, os pagamentos nao foram feitos e os ""credores"" acabaram ""retirando"" as suas faturas, temendo problemas futuros com um laborat6rio que, il epoca, ja enfrentava denuncias de irregularidades. DELCIDIO sabe que os impostos das transacoes financeiras para a EMS foram efetivamente pagos pela FSB e por ZILMAR FERNANDES, o que pode ser levantado por intermedio da quebra de sigilo fiscal de ambas." ziml

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
61619 Delcidio do Amaral Zilmar Fernandes Economic - Paying an undue comission to stablish contract with "Nas eleicoes para Governador do Estado do Mato Grosso do Sul em 2014 em que DELCIDIO DO AMARAL foi candidato, o atual Ministro-chefe da Secretaria de Comunicacao Social da Presidencia da Republica EDINHO SILVA (na epoca, tesoureiro da campanha de DILMA ROUSSEF) orientou DELCIDIO DO AMARAL para que pagasse R$ 1 milhao do saldo da divida da sua campanha, sendo R$ 500 mii devidos il FSB Comunicacao, e mais R$ 500 mii il ZILMAR FERNANDES, atraves de um laboratorio farmaceutica chamado EMS. Atendendo ao pedido de EDINHO SILVA, DELCIDIO solicitou a FSB e ZILMAR que emitissem faturas contra o laboratorio EMS, entretanto, os pagamentos nao foram feitos e os ""credores"" acabaram ""retirando"" as suas faturas, temendo problemas futuros com um laborat6rio que, il epoca, ja enfrentava denuncias de irregularidades. DELCIDIO sabe que os impostos das transacoes financeiras para a EMS foram efetivamente pagos pela FSB e por ZILMAR FERNANDES, o que pode ser levantado por intermedio da quebra de sigilo fiscal de ambas."