Actor: CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
56452 CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL SECRETARIA ESTADUAL DA SAUDE Economic - Paying an undue comission to stablish contract with A importação dos equipamentos e próteses médicos se dava da seguinte forma: as empresas internacionais tinham, por força de lei, obrigação ao participar do pregão, de acrescer ao custo do seu produto o valor dos tributos incidentes ao similar nacional, de forma a competir em condições de igualdade com a empresa brasileira; que as empresas internacionais sempre apresentavam preço total menor que das empresas nacionais, vencendo, assim, as licitações; que o INTO e a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro nao pediam, de forma deliberada, para a empresa discriminar seu preço excluindo os
56450 CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL SERGIO CORTES Economic - Bribe payment to Que as aquisições por pregoes internacionais eram feitas através de Carta de Credito, quando a empresa ganhadora era estrangeira; que a importação dos equipamentos se dava pela SES, siendo que, dos valores contratados, 10% seriam para o esquema CABRAL (1% para o Colaborador, 2% para Sergio Cortes, 5% Cabral, 1% para alguém do TCE e 1% para alimentar o esquema); que, como havia fraude no pagamento dos tributos na importação dos equipamentos, alem dos 10% pagos ao “esquema Cabral”, cerca de 40% do total eram retesados entre Miguel Iskin e Sergio Cortes; que esses 40% são os valores que deveriam
56449 CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL SERGIO CABRAL Economic - Bribe payment to Que as aquisições por pregoes internacionais eram feitas através de Carta de Credito, quando a empresa ganhadora era estrangeira; que a importação dos equipamentos se dava pela SESDEC, siendo que, dos valores contratados, 10% seriam para o esquema CABRAL (1% para o Colaborador, 2% para Sergio Cortes, 5% Cabral, 1% para alguém do TCE e 1% para alimentar o esquema); que, como havia fraude no pagamento dos tributos na importação dos equipamentos, alem dos 10% pagos ao “esquema Cabral”, cerca de 40% do total eram retesados entre Miguel Iskin e Sergio Cortes; que esses 40% são os valores que deveri

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57856 COMERCIAL MEDICA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram as siguientes: RIZZI MD INTERNAICONAL, AKA TRADE, INDUMED, PER PRIMA, COMERCUAL MEDICA, PHILIPS MEDICAL SYSTEMS NEDERLAND B.V., DBS3 COMERCIAL CIENTIFICA, DRAGER, HELO MED, MAQUET, DIXTAL, NEW SERVICE, ULTRA IMAGEN, M&M LOPES, STRYKER, MACROMED, MULTIMEDIC, AGA MED, SIEMENS; Fuente: Prision preventiva (processo a ser distribuido por dependência aos autos nº0503012-97.2017.4.02.5101
56451 MIGUEL ISKIN CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic- Planning financial distribution with Miguel Iskin organizou cartel dos fornecedores de equipamento medico hospitalar no exterior para direcionar o vencedor do certame e beneficiar os envolvidos.
56438 MIGUEL ISKIN CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Decision-making and leadership (de facto) of Que Miguel Iskin atuava capitaneando as empresas do “cartel do pregão internacional”, dividiendo o mercado, em forma de cartel; Fuente: Prision preventiva (processo a ser distribuido por dependência aos autos nº0503012-97.2017.4.02.5101
56437 SIEMENS CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56435 AGA MED CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56433 MULTIMED COMERCIO DE MATERIAIS MEDICOS CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56431 MACROMED CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56429 STRYKER DO BRASIL LTDA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56427 M&M LOPES CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56424 NEW SERVICE CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56422 DIXTAL CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56420 MAQUET DO BRASIL EQUIPAMENTOS MEDICOS CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56418 HELO MED CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56416 DRAGER INDUSTRIA E COMERCIO LTDA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56414 DBS3 COMERCUAL CIENTIFICA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56412 PHILIPS MEDICAL SYSTEMS NETHERLAND B.V. CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56410 CENTRAL MEDICA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56407 PER PRIMA COMERCIO E REPRESENTAÇOES CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56405 INDUMED CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56403 AKA TRADE CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56401 RIZZI COMERCIO E REPRESENTAÇOES LTDA CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram
56400 M.D INTERNATIONAL CLUBE DO PEGAO INTERNACIONAL Logistic - Being part of Que as empresas que participavam de tal licitação eram todas trazidas ao Brasil por Miguel Iskin; que a publicidade do pregão internacional era realizada apenas no diário oficial do Brasil, sem nenhuma divulgação internacional; que, por vezes as empresas nacionais também participavam da licitação; que tais empresas se arranjavam entre si para uma dar “cobertura” a outra, fraudando a licitação e privilegiando a votaria de determinada empresa; que havia un rodízio entre as empresas para que cada uma ganhasse na sua vez; que as empresas que participavam desse “clube do pregão internacional” eram