Relationship Type: Logistic - Influence on

Workspaces: 

Relaciones de este tipo

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
61617 EDINHO SILVA Delcidio do Amaral Logistic - Influence on "Nas eleicoes para Governador do Estado do Mato Grosso do Sul em 2014 em que DELCIDIO DO AMARAL foi candidato, o atual Ministro-chefe da Secretaria de Comunicacao Social da Presidencia da Republica EDINHO SILVA (na epoca, tesoureiro da campanha de DILMA ROUSSEF) orientou DELCIDIO DO AMARAL para que pagasse R$ 1 milhao do saldo da divida da sua campanha, sendo R$ 500 mii devidos il FSB Comunicacao, e mais R$ 500 mii il ZILMAR FERNANDES, atraves de um laboratorio farmaceutica chamado EMS. Atendendo ao pedido de EDINHO SILVA, DELCIDIO solicitou a FSB e ZILMAR que emitissem faturas contra o laboratorio EMS, entretanto, os pagamentos nao foram feitos e os ""credores"" acabaram ""retirando"" as suas faturas, temendo problemas futuros com um laborat6rio que, il epoca, ja enfrentava denuncias de irregularidades. DELCIDIO sabe que os impostos das transacoes financeiras para a EMS foram efetivamente pagos pela FSB e por ZILMAR FERNANDES, o que pode ser levantado por intermedio da quebra de sigilo fiscal de ambas."
61613 LUIZ INACIO LULA DA SILVA Delcidio do Amaral Logistic - Influence on "DELCIDIO DO AMARAL tem conhecimento que um dos temas que mais aflige o presidente LULA e a CPI do CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). A preocupacao do ex-Presidente foi elevada especialmente quando da convocacao de MAURO MARCONDES esua esposa CRISTINA MAUTONI. Por varias vezes o proprio LULA solicitau a DELCI DIO que agisse para evitar a convoca~ao do casal para depor perante a CPI. LULA, alegava que estava muito preocupado com eles. Mas, em verdade, LULA estava preocupado com as implicacoes il sua propria familia, especialmente com os filhos FABIO LUIS LULA DA SILVA e LUIS CLAUDIO LULA DA SILVA. Esse fato foi confirmado a DELCIDIO DO AMARAL por MAURiCiO BUMLAI, que conhece muito bem a relacao dos familiares de LULA com o casal MARCOS MARCONDES e CRISTINA MAUTONI. Em resposta il insistencia de LULA, DELCIDIO DO AMARAL, como lider do Governo no Senado, mobilizou a base do governo para derrubar os requerimentos de convocacao do casal na CPI do CARF na reuniao ocorrida no dia 05/11/2015, onde logrou exito."
61612 EDUARDO CAMPOS IMPSA Logistic - Influence on "A propina de Belo Monte serviu como contribuicao decisiva para as campanhas eleitorais de 2010 e 2014. O principal agente negociador do Consórcio de Belo Monte foi o empreiteiro FLAVIO BARRA da ANDRADE GUTIERREZ.Os numeros da propina giravam na casa dos R$ 30 milhoes, destinados as campanhas eleitorais. DELCIDIO DO AMARAL acredita que os numeros finais de propina sejam superiores, pois, durante a campanha, houve acordo com relacao a ""claims"" de cerca de R$1.5 bilhoes, apresentadas pela Consórcio. O acorda com relacao a ""cIaims"" era uma das condicoes exigidas para aumentar a contribuicao eleitoral das empresas. E preciso dizer que a atuacao do ""triunvirata"", formado por SILAS RONDEAU, ERENICE GUERA e ANTONIO PALOCCI foi fundamental para se chegar ao desen ha corporativo e empresarial definitiva do Projeto Belo Monte. DELCIDIO estima que o valor destinado para as contribuicoes das campanhas (2010 e 2014) do PMDB e PT atingiram cerca de R$ 45 milhoes. DELCIDIO tem conhecimento de ilicitudes envolvendo o fornecimento de equipamentos nas obras da usina Belo Monte. DELCIDIO DO AMARAL sabe que existiu uma forte disputa em relacao ao fornecimento dos equipamentos de Belo Monte, envolvendo: de um lado, os chineses (patrocinados por BUMLAI); de outro lado, os fabricantes ""nacionais"" (ALSTOM, SIEMENS, IMPSA e IESA). O ""triunvirato"" agiu rapidamente, definindo que o fornecimento dos equipamentos seria realizado pelos fabricantes ""nacionais"", tudo na busca da contrapartida, revelada nas contribuicoes de campanha. ANTONIO PALOCCI e ERENICE GUERRA, especialmente, foram fundamentais nessa definicao. Enquanto o pa cote de obras civis girou em torno de R$ 19 bilhoes, o de equipamentos alcan,ou a cifra de aproximadamente R$ 4,5 bilhoes. DELCIDIO recorda-se da influencia direta do ex-governador EDUARDD CAMPOS a favor, especificamente, da IMPSA. De todos os concorrentes, a IMPSA era unica com cadeira cativa. "
61590 JOSE CARLOS COSTA MARQUES BUMLAI CONTERN - Construcoes e Comercio Ltda. Logistic - Influence on "DElCIDIO tem conhecimento que em 2010 seria feito o ""Ieilao"" de Belo Monte. Contudo, tres dias antes do certame, o consarcio constituido pelas maiores empresas de engenharia do pais, desistiu de participar. Em algumas horas, foi constituido novo grupo de empresas junto com a CHESF e a ELETRONORTE. Entre elas, participa ram QUEIROZ GALVĂO, GAlVĂO ENGENHARIA, CONTERN (pela influencia de JOSE CARLOS BUMLAI). JMALUCELLI, GAIA ENERGIA, CETENCO, MENDES JR TRADING ENGENHARIA e SERVENG-CIVILSAN. Apesar de muito menos robusto, o Consarcio em questao venceu o ""Ieilao"", ten do sido a unica proposta apresentada. Alguns meses depois da realiza~ao do certame, varias empresas que nao ""bidaram"" Belo Monte tornaram-se sacias do empreendimento e contrataram como prestadoras de servico as companhias do Consarcio vencedor. Em pouco tempo, o controle da principal usina do mundo, em constru~ao, mudou de maos, sendo que as empresas que compunham o consarcio vencedor passaram a desempenhar um papel secundario. A propina de Belo Monte serviu como contribui~ao decisiva para as campanhas eleitorais de 2010 e 2014. O principal agente negociador do Cons6rcio de Belo Monte foi o empreiteiro FLAVIO BARRA da ANDRADE GUTIERREZ."
61557 LUIZ INACIO LULA DA SILVA Delcidio do Amaral Logistic - Influence on LULA pediu expressamente a DELCIDIO DO AMARAL para "ajudar" o BUMLAI porque, supostamente, ele estaria implicado nas delacoes de FERNANDO SOARES e NESTOR CERVERO. No caso, DELCIDIO intermediaria o pagamento de valores il familia de CERVERO com recursos fornecidos por BUMLAI. DELCIDIO explicou a LULA que com o JOSE CARLOS BUMLAI seria dificil falar, mas que conversaria com o filho, MAURÎCIO BUMLAI, com quem mantinha uma boa rela~ao. DELCIDIO, vendo a oportunidade de ajudar a familia do NESTOR, aceitou intermediar a opera~ao. A primeira remessa de R$ 50.000,00, foi entregue pela proprio DELCIDIO DO AMARAL, em maos do advogado EDSON RIBEIRO, apos receber a quantia de MAURICIO BUMLAI, em um almo~o na churrascaria Rodeio do Iguatemi em 22/05/2015 (em anexo existe base documental disso). As entregas de valores a familia de NESTOR CERVERO se repetiram em outras oportunidades. Nessas outras oportunidades, quem fez a entrega foi assessor DIOGO FERREIRA (em anexo existe base documental disso). O total recebido pela familia de NESTOR foi de R$ 250.000,00.
61553 Delcidio do Amaral Marcelo Navarro Logistic - Influence on Conforme combinado, DELCIDIO DO AMARAL se encontrou com o Desembargador MARCELO NAVARRO no praprio Palâcio do Planalto, no andar terreo, em uma pequena sala de espera, o que poderâ ser atestado pelas câmeras do Palâcio do Planalto. Nessa reuniao, muito rapida pela gravidade do tema, o Dr. MARCELO ratificou seu compromisso, alegando inclusive que o Dr. FALCĂO ja o havia alertado sobre o assunto. Dito e feito. A sabatina do Dr. MARCELO pela Senado e correspondente aprova~ao ocorreram em tempo recorde. Em recente julgamento dos Habeas Corpus impetrados no STJ, confirmando o compromisso assumido, o Dr. MARCELO NAVARRO, na condi~ao de Relator, votou favoravelmente pela soltura dos dois executivos (MARCELO e OTÂVIO), entretanto, obteve um reves de 4 X 1 contra o seu posicionamento, vez que as prisoes foram mantidas pelos outros Ministros da 5 Turma do STJ. O teor da conversa que DELCIDIO DO AMARAL teve com o Dr. NAVARRO foi transmitido, na ocasiăo, de imediato il presidenta DILMA e ao ministro JOsE EDUARDO CARDOSO."
61552 DILMA ROUSSEFF Delcidio do Amaral Logistic - Influence on Na semana da defini~ao da nova estrategia,DELCIDIO DO AMARAL esteve com a Presidenta DILMA no Palacio da Alvorada, para uma conversa privada. DELCIDIO e a Presidenta DILMA conversaram enquanto caminhavam pelos jardins do Palacio da Alvorada e DILMA solicitou que DELCIDIO conversasse com o Desembargador MARCELO NAVARRO, a fim de que ele confirmasse o compromisso de soltura do MARCELO e de OTÂVIO. DELCIDIO DO AMARAL, como Lider do Governo, participou diretamente dessas tratativas.
57749 ANIBAL FERREIRA GOMES PAULO ROBERTO COSTA Logistic - Influence on "QUE, o Deputado Federal pelo Ceara ANIBAL GOMES lhe procurou por Volta doana.de 2009/2010 para tratar de um assunto relaeionadoa enipresa SERVENG CIVILSAN SA a qual pretendia participar de licitaçÕes da PETROBRAS, sendo o nome da mesma incluído. no rol de empresas habilitadas participar dos certames (convidada), tendo ela se sagrado vencedora em algumas licitaçÕes"
57105 PARTIDO PROGRESSISTA BRASILEIRO (PPB) PAULO ROBERTO COSTA Logistic - Influence on "QUE com relação ao processo que levou à destituição de PAULO ROBERTO COSTA da Diretoria de Abastecimento da PETROBRAS, o declarante acredita que tenha se dado em razão de disputas de poder dentro do próprio Partido Progressista, bem como também disputas políticas com outros partidos;"
57043 JOAO VACCARI RENATO DE SOUZA DUQUE Logistic - Influence on "Perguntado se havia algum repasse prévio por parte das empresas, afirma que de regra não, mas soube de empresas em relação as quais teria sido exigido o pagamento de comissão já na emissão dos convites; QUE, assevera que isso não ocorria no âmbito da Diretoria de Abastecimento, mas na Diretoria de Serviços; QUE, segundo soube a relação de empresas a serem convidadas era definida pela Diretoria de Serviços, competindo a Diretoria de Abastecimento excluir e incluir algum licitante de maneira fundamentada e a fim de atender os interesses das empreiteiras e do partido; QUE JOAO VACARI, mesmo antes de assumir como tesoureiro do PT atuava perante a Diretoria de Servicos dando ordens ao diretor RENATO DUQUE, sendo que alguns pagamentos de comissoes devidas pelas empreiteiras, pelo que sabe, teriam sido feitos por meio de doações oficiais ao Partido dos Trabalhadores; QUE, acerca de quem exercia o papel desempenhado pelo declarante junto a Diretoria de Serviços, diz não saber; QUE, questionado como se dava a dinâmica do favorecimento no âmbito das comissões de licitação, afirma que, segundo soube, as empreiteiras não tinham conhecimento prévio do orçamento base da PETROBRAS, fazendo um escalonamento de preços entre si conforme 7 pactuação em relação a quem deveria ser o vencedor; QUE, segundo sabe, as empresas que não ganhariam a licitação sequer elaboravam o orçamento detalhado a fim de não ter custos inúteis; QUE, afirma que a margem aceitável de variação acerca do orçamento-base seria entre -15 e +20%, sendo que no caso de valores muito exorbitantes do orçamento ou fora da margem anteriormente referida as empresas eram chamadas para fazer um ajuste"
56990 PARTIDO DOS TRABALHADORES RENATO DE SOUZA DUQUE Logistic - Influence on "QUE, esclarece ainda que as Diretorias de Exploração e Produção (maior orçamento da PETROBRAS) e de Gas e Energia eram chefiadas por pessoas indicadas pelo PT, sendo que que todos os valores a título de sobrepreco eram destinadOS\ao Partido dos Trabalhadores, competindo a RENATO DUQUE, Diretor de Serviços, a alocação desse montante conforme as orientações e pedidos que receb se do referido partido"
56833 THE CLUBE ELECTROBRAS TERMONUCLEAR S/A - ELECTRONUCLEAR Logistic - Influence on No acordo de colaboração de Dalton Avancini consta declaração de que o então Diretor de Energia da ELETRONUCLEAR, Luis Carlos Martins, e os prepostos das empreiteiras CAMARGO, UTC, ODEBRECHT, ANDRADE GUTIERREZ, QUEIROZ GALVÃO, TECHINT e EBE direcionaram o edital na parte dos requisitos para a habilitação para beneficiar as sete empreiteiras, frustrando a competitividade do processo licitatório desde o início.
56753 SERGIO CABRAL ICARO MORENO JUNIOR Logistic - Influence on De acordo com as ordenes de Sergio Cabral foram escolhidos os vencedores das licitações Fuente: Denuncia IPL 0017513-21.2014.4.02.5101 Distribuição por dependência: Autos Nº 0057817-33.2012.4.02.5101 (operaçao Saqueador) e 0509503-57.2016.4.02.5101 (operaçao Calicute)
54394 LUIZ MESSIAS JOSE ANTUNES SOBRINHO Logistic - Influence on "executivo da ENGEVIX JOSÉ ANTUNES SOBRINHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES e LUIZ MESSIAS, e com a participação do falecido NEY GEBRAN, por intermédio de organização criminosa, ocultaram e dissimularam a origem, a natureza, disposição, movimentação e a propriedade de R$ 1.306.249,80, por meio de pelo menos 30 repasses embasados em contrato fictício celebrados entre a ENGEVIX e a empresa FLEXSYSTEM ENGENHARIA. Pág. 11"
54393 LUIZ SOARES JOSE ANTUNES SOBRINHO Logistic - Influence on "executivo da ENGEVIX JOSÉ ANTUNES SOBRINHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES e LUIZ MESSIAS, e com a participação do falecido NEY GEBRAN, por intermédio de organização criminosa, ocultaram e dissimularam a origem, a natureza, disposição, movimentação e a propriedade de R$ 1.306.249,80, por meio de pelo menos 30 repasses embasados em contrato fictício celebrados entre a ENGEVIX e a empresa FLEXSYSTEM ENGENHARIA. Pág. 11"
54392 LUIZ SOARES GUSTAVO BOTELHO Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54391 LUIZ SOARES FLAVIO BARRA Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54390 LUIZ SOARES CLORIVALDO BISINOTO Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54389 LUIZ SOARES ELMIO ROSA Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54388 LUIZ SOARES LAURO TIRADENTES Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54387 LUIZ SOARES FERNANDO CARVALHO Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54386 LUIZ SOARES CLOVIS RENATO NUMA PEIXOTO PRIMO Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.
54385 LUIZ SOARES ROGERIO NORA Logistic - Influence on Consumados os delitos antecedentes de corrupção, entre março de 2008 e novembro de 2012, os executivos da ANDRADE GUTIERREZ ROGÉRIO NORA, CLÓVIS PRIMO, FERNANDO CARVALHO, LAURO TIRADENTES, ELMIO ROSA, CLORIVALDO BISINOTO, FLÁVIO BARRA e GUSTAVO BOTELHO, sob orientação e anuência de LUIZ SOARES.