Relationship: Relationship

Evidence: 
"A investigação baseou-se inicialmente no conteúdo de quebras de sigilo bancário e fiscal das empresas FLEXSYSTEM, de responsabilidade do falecido NEY GEBRAN PEREIRA, considerando que, embora elas tivessem recebido vultuosos pagamentos da ANDRADE GUTIERREZ e da ENGEVIX, elas não possuíam empregados registrados e localizava-se em endereço residencial de luxo no bairro do Joá, no Rio de Janeiro. Despertou-se a suspeita, desta feita, de se tratar de empresa de fachada utilizada para branquear o recebimento de propina. Pág. 5."
Workspace: 
Brazil - LavaJato
Resource Movement: