Relationship Type: State- Stablishing contracts with

Workspaces: 

Relaciones de este tipo

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
47428 BANCO SCHAHIN PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Segundo o MPF, a verdadeira causa para a quitação da dívida teria sido a
contratação da Schahin pela Petróleo Brasileiros S/A Petrobrás
para operação do NavioSonda
Vitoria 10.000, o que ocorreu em 28/01/2009, com memorando de
entendimento entre
a Petrobrás e a Schahin tendo se iniciado em 2007, O contrato foi celebrado pelo
prazo de dez anos, prorrogáveis por mais dez
anos, com valor global de pagamento de USD 1,562 bilhão.
8. Afirma o MPF que houve direcionamento da c

47370 VANTAGE DRILLING INTERNATIONA CORPORATION PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""208. A Petrobrás contratou, em 04/02/2009, o afretamento do
navio-sonda denominado de Titanium Explorer, com prazo de 07/12/2012 até
06/12/2001, com valor de USD 1.816.000.000,00, da empresa Vantage Drilling
Corporation. O contrato foi formalizado entre a empresa subsidiária Petrobrás
Venezuela Investments and Services (PVIS) e a Vantage Deepwater Company."" p.30"

46915 CONSORCIO GASAM PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Similar fraudulent scheme would have occurred in the contracting of the Gasam Consortium, made up of Construtora OAS Ltda., With 99% of quotas, by Transportadora Urucu Manaus S / A, a company constituted by Petrobras, to execute the construction and assembly services of the Duc UrucuCoari Urucu / AM to Coari / AM). In the bidding process, in 2006, Consório Gasam, Contreras Engenharia and Consório Bueno / AESA submitted proposals. In the meantime, the bidding would have been previously adjusted in the cartel of the contractors so that the OAS was victorious, and the others only covered it to give the bid appearance of regularity. In fl. 108 of the complaint, there is a summary of the bidding process, and it was pointed out that the agreement was signed for R $ 342,596,288.07. The agreement suffered three additions that led to an increase of R $ 240,890,735.50.

46912 CONSTRUTORA OAS LTDA PELA TAG TRANSPORTADORA ASSOCIADA DE GAS SA PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Similar fraudulent scheme would have occurred in the contracting of Construtora OAS Ltda by TAG Transportadora Associada de Gás S / A, a subsidiary company of Petrobras Gás S / A, to carry out the construction and assembly services of the PilarIPojuca Gas Pipeline (Pilar / AL to Ipojuca / PE) . In the bidding process, in 2008, they submitted proposals to OAS, GDK, EGESA, SINOPEC International Petroleum Service do Brasil Ltda. And Bueno Engenharia e Construção Ltda. In the meantime, the bidding would have been previously adjusted in the contractors' cartel so that the OAS was victorious, and the others only covered it to give the bid an appearance of regularity. In fl. 92 of the complaint, there is a summary of the bidding process, and it was also pointed out that the contract was concluded for R $ 430,000,000.00. The agreement suffered three additions that led to an increase of R $ 139,826,176.5.

46881 BORGHI LOWE PROPAGANDA E MARKETING LTDA MINISTERIO DA SAUDE State- Stablishing contracts with

"Conforme alega o MPF, os atos de corrupção, com a negociação da
propina, teriam ocorrido ao menos três vezes, em datas próximas às assinaturas dos
contratos de publicidade com a Caixa Econômica Federal, em 22/08/2008 (contrato
4138/08) e 22/04/2013 (contrato 1027/2013), e com o Ministério da Saúde, em
31/12/2010 (contrato 314/2010)."

46879 BORGHI LOWE PROPAGANDA E MARKETING LTDA CAIXA ECONOMICA FEDERAL State- Stablishing contracts with

"Conforme alega o MPF, os atos de corrupção, com a negociação da
propina, teriam ocorrido ao menos três vezes, em datas próximas às assinaturas dos
contratos de publicidade com a Caixa Econômica Federal, em 22/08/2008 (contrato
4138/08) e 22/04/2013 (contrato 1027/2013), e com o Ministério da Saúde, em
31/12/2010 (contrato 314/2010)."

46853 ANDRADE GUTIERREZ PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Narrou, de mais relevante, que teria recebido propinas de Fernando Soares na aquisição pela Petrobrás da Refinaria de Pasadena e ainda em contratos obtidos pela empreiteira Andrade Gutierrrez junto à Petrobrás. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum... Pág. 12

46789 CONSORCIO TUC PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"Relata a denúncia que a UTC Engenharia, juntamente com a Odebrecht e a
PPI Projeto
de Plantas Industriais Ltda., formaram o Consórcio TUC e foram contratados,
com dispensa de licitação, pela Petrobrás para serviços e obras das Unidades de Geração de
Vapor e Energia, Tratamento de Água e Efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de
Janeiro COMPERJ."

46736 MENDES JUNIOR PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""275. Reporta­se a denúncia ainda ao contrato obtido pela Mendes Junior
Trading e Engenharia S/A junto à Petrobrás, para fornecimento de materiais e
serviços de elaboração de projeto de detalhamento e de execução da construção civil
do pier do novo Terminal Aquaviário de Barra do Riacho (TABR), no Município
de Aracruz/ES. [...]282. Houve, então, negociação da Petrobrás com a Mendes Junior, mas
não se logrou redução do preço, sendo, por conseguinte, celebrado o contrato, em
08/09/2008, por R$ 493.561.194,26, tomando o instrumento o número
0802.0045377.08.2.
283. Pela Mendes Júnior, assinou, como Diretor, Ângelo Alves Mendes.
284. O valor final do contrato ficou cerca de 10,8% superior ao preço
de estimativa da Petrobrás.
285. O contrato ainda sofreu pelo menos vinte e dois aditivos. Dois
aditivos chamam a atenção pelo acréscimo de valor, um de R$ 83.364.082,00 em
30/09/2011, outro de R$ 107.273.036,00 em 30/03/2012. Somente esses dois,
implicaram a elevação do preço em R$ 190.637.118,00, chegando ele a R$
684...."

46735 CONSORCIO ANDRADE GUTIERREZ MENDES JUNIOR E KTY PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""Houve, então, negociação da Petrobrás com o Consórcio Andrade
Gutierrez, Mendes Júnior e KTY que levou à redução da proposta e, por conseguinte,
à celebração do contrato, em 21/05/2007, por R$ 711.924.823,57, tomando o
instrumento o número 0800.0031362.07.2.
272. Pela Mendes Júnior, assinam o contrato os ora acusados, os
Diretores Sergio Cunha Mendes e Alberto Elísio Vilaça Gomes,
273. O valor final do contrato ficou cerca de 25% superior ao preço de
estimativa da Petrobrás.
274. O contrato ainda sofreu sete aditivos entre 25/04/2008 a
02/12/2010, que implicaram a elevação do preço em R$ 261.471.833,00, chegando
ele a R$ 973.396.656,41, muito acima da estimativa inicial da Petrobrás."" P. 41"

46729 CONSORCIO PPR PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""253. Houve, então, negociação da Petrobrás com o Consórcio PPR que
levou à redução da proposta a valor pouco abaixo e, por conseguinte, à celebração do
contrato, em 05/09/2011, por R$ 1.869.624.800,00, tomando o instrumento o
número 0858.0069023.11.2.
254. Representam a Mendes Júnior no contrato o Diretor da Área de
Negócios Óleo e Gás, o ora acusado Rogério Cunha de Oliveira, e o Diretor de
Engenharia, Victorio Duque Semionato.
255. O valor final do contrato ficou cerca de 12% superior ao preço de
estimativa da Petrobrás.
256. O contrato ainda sofreu um aditivo, com acréscimo de valor, mas
datado de 01/07/2013, quando Paulo Roberto Costa não mais ocupava a Diretoria de
Abastecimento da Petrobrás."" P. 40"

46724 CONSORCIO CMMS PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""235. Houve, então, negociação da Petrobrás com o Consórcio CMMS
que levou à redução da proposta a valor pouco abaixo e, por conseguinte, à
celebração do contrato, em 21/12/2007, por R$ 696.910.620,73, tomando o
instrumento o número 0800.0038600.07.2.
236. Pela Mendes Júnior, assinam o contrato os acusados Sergio Cunha
Mendes e Alberto Elísio Vilaça Gomes.
237. O valor final do contrato ficou cerca de 17% superior ao preço de
estimativa da Petrobrás.
238. O contrato ainda sofreu pelo menos cinco aditivos que, celebrados
entre 18/12/2009 a 05/12/2011, implicaram a elevação do preço em R$
254.253.804,73, chegando ele a R$ 951.164.425,46, muito acima da estimativa
inicial da Petrobrás (R$ 593.874.456,00)."" P. 38"

46719 CONSORCIO INTERPAR PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"""219. Houve, então, negociação da Petrobrás com o Consórcio Interpar
que levou à redução da proposta a valor pouco abaixo da proposta e, por conseguinte,
à celebração do contrato, em 07/07/2008, por R$ 2.252.710.536,05, tomando o
instrumento o número 0800.0043363.08.2.
220. Pela Mendes Júnior, assinaram, como Diretores, Sergio Cunha
Mendes e Ângelo Alves Mendes.
221. O valor final do contrato ficou cerca de 8,47% superior ao preço
de estimativa da Petrobrás.
222. O contrato ainda sofreu pelo menos dez aditivos que, celebrados
entre 23/01/2009 a 02/12/2011, implicaram a elevação do preço em R$
569.166.904,05, chegando ele a R$ 2.822.877.440,10, muito acima da estimativa
inicial da Petrobrás (R$ 2.076.398.713,04)"" Pg. 37"

46642 TOYO SETAL PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

A empresa Toyo-Setal foi a escolhida pela Petrobrás para construir a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados V, em Uberaba, Minas Gerais. https://www.petronoticias.com.br/archives/46881

46641 PUBRREPBSP SETAL OLEO E GAS S/A State- Stablishing contracts with

A empresa Toyo-Setal foi a escolhida pela Petrobrás para construir a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados V, em Uberaba, Minas Gerais. https://www.petronoticias.com.br/archives/46881

46626 GALVAO ENGENHARIA SA PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"Relata a denúncia que a Galvão Engenharia teria logrado sair­se vencedora, em consórcio com outras empreiteiras, em obras contratadas pela Petrobrás referentes ao Terminal da Ilha D'Água/RJ, ao Terminal Marítimo da Baía de Angra dos Reis/RJ, ao Projeto Água de Formação, ao EPC das unidades de ""hidrocarboneto nafta coque"", da Carteira de Gasolina ­ G3, à Refinaria do Nordeste Abreu e Lima (RNEST), à Refinaria de Paulínea/SP ­ REPLAN­ D5/SP, à REVAMP do Píer de Angra dos Reis/RJ, à Refinaria Landulpho Alves (RLAN), à Refinaria Premium I e ao Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro ­ COMPERJ. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum... Pág 3
"

46532 SETAL OLEO E GAS S/A MINISTERIO PUBLICO FEDERAL  State- Stablishing contracts with

"Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, dirigente da Setal Oleo e Gas
S/A (SOG), uma das empreiteiras envolvidas no esquema criminoso, celebrou acordo
de colaboração premiada com o Ministério Público Federal (processo 507344138.2014.4.04.7000,
cópia do acordo no evento 1, out71). Foi ouvido como
testemunha neste feito. Em síntese, no depoimento degravado no evento 248,
admitiu a existência do cartel, os ajustes para frustrar as licitações e o pagamento de
propinas a agentes da Petrobrás. O cartel teria funcionado de forma mais efetiva a
partir de 2004 ou 2005, já que teria havido concomitantemente a cooptação dos
Diretores da Petrobrás para que não atrapalhassem o seu funcionamento. A partir das
licitações das obras do COMPERJ, por volta de 2011, o cartel teria perdido sua
eficácia porque a Petrobrás teria começado a convidar outras empresas, dificultando
os ajustes. 39"

46525 CONSORCIO CONPAR PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"Relativamente às obras na Refinaria Presidente Getúlio Vargas REPAR,
na região metropolitana de Curitiba/PR, a denúncia reportase
apenas à
contratação da OAS, em conjunto com a UTC Engenharia e a Odebrecht, no
Consórcio CONPAR, pela Petrobrás para construção da UHDTI, UGH, UDEA do
Coque e Unidades que compõem a Carteira de Gasolina"

46517 CONSORCIO RNEST - CONEST PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

"Relativamente às obras na Refinaria do Nordeste Abreu e Lima RNEST, Esclareçase
que o Consórcio CONEST/RNEST é composto pela
OAS e pela Odebrecht, cada uma com cinquenta por cento do empreendimento.
a denúncia reportase
apenas à duas contratações da OAS, em conjunto com
a Odebrecht no Consórcio RNEST/CONEST, pela Petrobrás, uma para implantação
das Unidades de Hidrotratamento de Diesel, de Hidtrotratamento de Nafta e de
Geração de Hidrogênio (UHDTs e UGH), e outra para implantação das Unidades de
Destilação Atmosférica (UDAs)."

46358 OAS LTDA PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Depósitos de R $ 431,710.00 en cuenta MO Consulting por SEHAB Consorcio, dirigido por la Constructora OAS Ltda. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.

46340 ENGEVIX ENGENHARIA SA PUBRREPBSP State- Stablishing contracts with

Depósitos de R $ 3,260,349.00 en la cuenta de MO Consultoría. por el Consorcio RNEST O. C. Construcción, encabezados por la empresa Engevix Engenharia S / A; Empresa que tiene contratos on Petrobrás.

46324 PUBRREPBSP MO CONSULTORIA State- Stablishing contracts with

En los registros e incautaciones llevadas a cabo en la etapa de investigación, que aún no ha captado contrato entre Sanko Servicios y Mo Consultoría de 05/07/2011, firmado por Fabiana Estaiano, Directora financiera de Sanko, y por Waldomiro de Oliveira para MO Consulting (evento 488, apinqpol17 archivo, pgs. 2630, la encuesta 504955714.2013.4047000). Se indica que el objeto de los servicios
proporcionada por MO y Sanko estaba vinculada a al Consorcio Nacional Camargo Correa. Por lo tanto, hay un flujo financiero probado entre Petrobras, el CNCC y Constructora Camargo Correa, Sanko Sider, Sanko Servicios y MO Ltda.

46323 PUBRREPBSP SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS State- Stablishing contracts with

En los registros e incautaciones llevadas a cabo en la etapa de investigación, que aún no ha captado contrato entre Sanko Servicios y Mo Consultoría de 05/07/2011, firmado por Fabiana Estaiano, Directora financiera de Sanko, y por Waldomiro de Oliveira para MO Consulting (evento 488, apinqpol17 archivo, pgs. 2630, la encuesta 504955714.2013.4047000). Se indica que el objeto de los servicios
proporcionada por MO y Sanko estaba vinculada a al Consorcio Nacional Camargo Correa. Por lo tanto, hay un flujo financiero probado entre Petrobras, el CNCC y Constructora Camargo Correa, Sanko Sider, Sanko Servicios y MO Ltda.

46321 PUBRREPBSP CONSTRUCTORA CAMARGO CORREA State- Stablishing contracts with

En los registros e incautaciones llevadas a cabo en la etapa de investigación, que aún no ha captado contrato entre Sanko Servicios y Mo Consultoría de 05/07/2011, firmado por Fabiana Estaiano, Directora financiera de Sanko, y por Waldomiro de Oliveira para MO Consulting (evento 488, apinqpol17 archivo, pgs. 2630, la encuesta 504955714.2013.4047000). Se indica que el objeto de los servicios
proporcionada por MO y Sanko estaba vinculada a al Consorcio Nacional Camargo Correa. Por lo tanto, hay un flujo financiero probado entre Petrobras, el CNCC y Constructora Camargo Correa, Sanko Sider, Sanko Servicios y MO Ltda.

Pages