Actor: MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS

Code: 
PR-BRCOMMEPE
Workspaces: 

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
66304 MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS CONSORCIO CMMS Logistic - Being part of 284. Conforme já mencionado acima (item 252), no processo 5048976-28.2015.404.7000, a pedido do MPF, foi decretada, em 08/10/2015, visando-se à apuração de pagamentos suspeitos efetuados pela empreiteira Mendes Junior a empresas com características de serem de fachada, a quebra do sigilo fiscal e bancário da Credencial, a partir da constatação de um pagamento, em 04/05/2012, de R$ 1.525.124,00 a ela pela empreiteira Mendes Júnior. 285. A partir da quebra, constatado ainda que a empresa recebeu, entre 26/12/2011 a 27/06/2013, R$ 12.923.735,84, do Consórcio CMMS (formado pela Mendes Júnior, MPE e Setal). 286. Já reconhecido na sentença prolatada na ação penal 5012331-04.2015.4.04.7000, cópia no evento 292, sent2, que, no contrato do Consórcio CMMS pela Petrobras para a execução das Unidades de Hidrodessulfurização de Nafta Craqueada (HDS), foram pagas propinas para agentes da Diretoria de Engenharia e Serviços e da Diretoria de Abastecimento da Petrobrás. FUENTE: AÇÃO PENAL Nº 5030883-80.2016.4.04.7000/PR
46723 MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS CONSORCIO CMMS Logistic - Being part of """223. Relativamente às obras na Refinaria de Paulínia ­ REPLAN, em Paulínia/SP, a denúncia reporta­se à contratação da Setal Oleo e Gas S/A (SOG), Mendes Junior Trading e Engenharia S/A e a MPE Montagens e Projetos Especiais S/A, que formaram o Consórcio CMMS, para a execução das Unidades de Hidrodessulfurização de Nafta Craqueada (HDS)."" P. 37"
46718 MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS CONSORCIO INTERPAR Logistic - Being part of """Examina­se, inicialmente, a obra ganha pelas empresas Mendes Junior Trading e Engenharia S/A, Setal Oleo e Gas S/A (SOG), e a MPE Montagens e Projetos Especiais S/A na Refinaria Presidente Presidente Getúlio Vargas ­ REPAR, em Araucária PR. 212. As referidas empresas formaram, com cotas iguais, o Consórcio Interpar que logrou ser vitorioso em licitação realizada pela Petrobrás para execução das unidades off­sites pertencentes às Carteiras de Gasolina e de Coque e HDT da Refinaria Presidente Getúlio Vargas ­ REPAR em Araucária."" Pg. 36"
46665 MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS THE CLUBE Logistic - Being part of "Ministério Público Federal:­ Tá. Todas essas reuniões aconteciam com todas as empresas? Maurício:­  Existiam  as  reuniões  grandes,  onde  tinha  a  presença  de  todas  as empresas, ou, raramente, podia ter a ausência de uma ou outra empresa. Ministério Público Federal:­ Tá. Quais eram as empresas que participavam dessas reuniões? Maurício:­ Olha, as grandes empresas:­ Andrade, Camargo Correa, ODEBRECHT, Queiroz Galvão, UTC, Galvão, Skanskas, Promon, MPE, Techinit, a GDCAR, Iesa, a SOG. Não sei se eu (...) Ministério Público Federal:­ Mendes Júnior? Maurício:­ Mendes Júnior também. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/documentos/Sentena508336051.2014.404.7000.pdf   Pág. 35"

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57775 JARAGUA EQUIPO INDUSTRIAL MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57774 EIT MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57773 ALUSA MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57772 TENASSE MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57770 FIDENS MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57767 MULTITEC MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57764 SANTA BARBARA MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - being a subsidiary company of empresas menores para participarem dos certames, dentre elas SANTA BARBARA, MUL TITEC, FIDENS, TENASSE, ALUSA, EIT, JARAGUA, no sentido de quebrar um pouco o monop61iodas empreiteiras maiores, acrescentando que a participação de cada. uma se deu em segmentos em que elas de fato teriam capacidade de atuar; QUE,essasua iniciativa em desrespeito as regras do cartelocasionou uma reação das grandes empreiteiras, te.ndo sido procurado por alguns diretores e representantes que lhe disseram qúeiria"quebrariaa cara", .sendo que em alguns casos isso efetivamente ocorreu; pois essas empresas menores não conseguiram executar os contratos e acabaram falindo;; QUE, perguntado se essa iniciativa teria por objetivo aumentar as suas comissões, . afirma que não,na realidade estava um pouco cansado desse esquema e a única maneira de aCélbarcom:ele seria enfraquecendo o cartel ou saindo da diretoria; QUE, não obstante, acabou recebendo. comissões espontãneas por parte da ALUSA (dois milhões) e da FIDENS (200 mil reais); QUE, no caso da MPE, ao contrário das empresas anteriormentecitadas, tratava-se de um empreendimento de médio porte; sendo portanto esperado que ela . contribuísse c()m a verba destinada a fins políticos ao Partido Progressista
57761 RENATOO ABREU MPE MONTAGENS E PROJETOS ESPECIAIS Logistic - Being the (administrative, finances, chair, among other positions) manager of com relação a empresa MPE ENGENHARIAMONTAGENSE PROJETOS ESPECIAIS S/A diz ter sido procurado por volta doano de 2011 pelo presidente desta empresa denome RENATO ABREU, o qual pretendia participar de outrasobras ligadas aoCOMPERJ, sendo que essas tratativaS foram realizadas .junto aoescrit6riodo declarante na PETROBRAS; QUE, a MPE já estava cadastrada como apta 'á firmar contratos com a PETROBRAS, .sendo que o declarante apenas solicitou a comissão delicitaçãoque a incluísse. no rol de empresas convidada