Actor: SKANSA BRASIL LTDA.

Code: 
PRBRCOSBL
Workspaces: 
Degree Centrality: 
643086.82
Betweenness Centrality: 
164697.07
Skanska Brasil Ltda. is a large organization in the heavy construction companies industry located in Sao Paulo, Brazil. It has a $379 million in yearly revenue and approximately 3,500 employees. This company was member of "The Clube" and participated in financial crimes and corruption within them. Between 13/06/2006 and 02/12/2011 the company participate with Engevix in at least 4 bids in which they bribe Renato Duque and Pedro Barusco in a way to win the bid. For instance, SKANSKA-ENGEVIX URE CONSORTIUM contracted by PETROBRAS for the execution of the works "Implementation of Sulfur Recovery Units III and Waste Gas Treatment (U- 32225) at the Refinery President Bernardes (RPBC) ", offered and promised, directly or through the financial operators MILTON PASCOWITCH and JOSÉ ADOLFO PASCOWITCH, the payment of undue economic benefits to the employees of PETROBRAS RENATO DUQUE and PEDRO BARUSCO, then Director of Services and Executive Manager of Engineering of PETROBRAS, as well as VACCARI and JOSÉ DIRCEU, members of the political nucleus that held them in power, corresponding to At least, R $ 2,369,333.00, that is, 1.4% of the original contract value, if they act favoring the companies ENGEVIX ENGENHARIA S.A and SKANSKA BRASIL LTDA. Source: http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/dfee36336995c568927033d1c37ea2a8.pdf

Actor Cases

No se encontraron resultados

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57795 SKANSA BRASIL LTDA. SERGIO CABRAL Political - Financing political campaing of

QUE a única vez que tratou do pagamento de vantagem indevida por parte dessa empresa foi numa reunião realizada em quarto do hotel CAESAR PARK no bairro de LEBLON ou IPANEMA, cujos detalhes constam no termo de declaração nO 4; QUE o contato regular dessa empresa era a pessoa de CLAUDIO LIMA; QUE estavam presentes nesta reunião do hotel os representantes da SKANSKA, CLAUDIO LIMA, da ALUSA, CESAR LUIZ DE GODOY PEREIRA, da TECHINT, RICARDO OURIQUE, podendo ter participado desta reunião outras empresas que não se recorda os nomes; QUE quem marcou a reunião foi o secretário REGIS FISHNER para solicitação de "ajuda" para o caixa da campanha de reeleição do governador SERGIO CABRAL; QUE cada empresa deu a sua "ajuda", sendo pago no total R$ 30 milhões de "ajuda"; QUE o CONSÓRCIO CONPAR deu R$ 15 milhões, sendo que o restante foi divido entre as outras empresas, estando entra estas a SKANKA, ALUSA e UTC, além de outras empresas que o declarante não lembra o nome; QUE CLAUDIO LIMA era muito próximo também de VALDEMAR DA COSTA NETO do PR, ex-deputado federal condenado no mensalão;

57033 SKANSA BRASIL LTDA. JOSE JANENE Political - Benefit particular interest of

"QUE, Youssef diz ter se reunido por diversas vezes com empreiteiras, PAULO ROBERTO e JANENE em hotéis no Rio de Janeiro e São Paulo, bem assim na residência de JANENE no bairro Itaim, em São Paulo; QUE, nessas reuniões recorda-se de ter presenciado alguns diretores de empreiteiras fazendo comentários acerca de listas de empresas que deveriam ser contratadas havendo algumas reclamações dirigidas a PAULO ROBERTO de que por vezes a ordem de contratação não estava sendo respeitada; QUE, essas reunioes eram periódicas de duas a três vezes ao mês; QUE, segundo teve conhecimento, as grandes empreiteiras reuniam-se para definir os ganhadores das licitações junto a PETROBRAS, deliberando também o que seria reservado as empresas menores; QUE, questionado acerca do envolvimento de dos dirigentes das empresas nesse esquema, diz acreditar que não apenas os diretores mas os donos tinham ciência do esquema, o mesmo se aplicando aos acionistas majoritários; QUE, dentre as grandes empreiteiras que participavam do
esquema anteriormente mencionado, cita: OAS, GALVAO ENGENHARIA, ENGEVIX, lESA, CAMARGO CORREA, UTC, ODEBRECHT, MENDES JUNIOR, SETAL, MITSUI TOYO, SKANKAS, QUEIROZ GALVAO, ANDRADE GUTIERREZ, TOME ENGENHARIA; QUE,
dentre as empresas de médio porte, destaca: JARAGUA EQUIPAMENTOS,
CONSTRUCAP, ENGESA, DELTA, TOSHIBA, dentre outras que não recorda no momento; QUE, a pauta das reunioes das quais participou era relativa a contratos e comissões a serem pagas; QUE, deseja esclarecer que as comissoes eram obrigatórias, ou seja, as
empresas que não pagassem sofriam retaliações, podendo citar o caso da empresa DELTA."

46663 SKANSA BRASIL LTDA. THE CLUBE Logistic - Being part of

"Ministério Público Federal:­ Tá. Todas essas reuniões aconteciam com todas as empresas?
Maurício:­  Existiam  as  reuniões  grandes,  onde  tinha  a  presença  de  todas  as empresas, ou, raramente, podia ter a ausência de uma ou outra empresa.
Ministério Público Federal:­ Tá. Quais eram as empresas que participavam dessas reuniões?
Maurício:­ Olha, as grandes empresas:­ Andrade, Camargo Correa, ODEBRECHT, Queiroz Galvão, UTC, Galvão, Skanskas, Promon, MPE, Techinit, a GDCAR, Iesa, a SOG. Não sei se eu (...)
Ministério Público Federal:­ Mendes Júnior?
Maurício:­ Mendes Júnior também. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum...   Pág. 35"

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57349 CLAUDIO LIMA SKANSA BRASIL LTDA. Logistic - Being the representative of

"QUE a reserva no quarto de hotel foi feita por REGIS; QUE o declarante fez contatos com algumas
empresas que atuavam na obra da COMPERJ para participar desta reunião, sendo que nesta
oportunidade foi explicado para as empresas que elas deveriam ""ajudar"" a campanha do
governador, fazendo pagamentos para o caixa ""2""; QUE estavam presentes nesta reunião
os representantes da SKANSKA, CLAUDIO LIMA, da ALUSA, CESAR LUIZ DE GODOY
PEREIRA, da TECHINT, RICARDO OURIQUE, podendo ter participado desta reunião outras
empresas que não se recorda os nomes"

57008 PUBRREPBSP SKANSA BRASIL LTDA. State- Stablishing contracts with

"QUE, Youssef diz ter se reunido por diversas vezes com empreiteiras, PAULO ROBERTO e JANENE em hotéis no Rio de Janeiro e São Paulo, bem assim na residência de JANENE no bairro Itaim, em São Paulo; QUE, nessas reuniões recorda-se de ter presenciado alguns diretores de empreiteiras fazendo comentários acerca de listas de empresas que deveriam ser contratadas havendo algumas reclamações dirigidas a PAULO ROBERTO de que por vezes a ordem de contratação não estava sendo respeitada; QUE, essas reunioes eram periódicas de duas a três vezes ao mês; QUE, segundo teve conhecimento, as grandes empreiteiras reuniam-se para definir os ganhadores das licitações junto a PETROBRAS, deliberando também o que seria reservado as empresas menores; QUE, questionado acerca do envolvimento de dos dirigentes das empresas nesse esquema, diz acreditar que não apenas os diretores mas os donos tinham ciência do esquema, o mesmo se aplicando aos acionistas majoritários; QUE, dentre as grandes empreiteiras que participavam do
esquema anteriormente mencionado, cita: OAS, GALVAO ENGENHARIA, ENGEVIX, lESA, CAMARGO CORREA, UTC, ODEBRECHT, MENDES JUNIOR, SETAL, MITSUI TOYO, SKANKAS, QUEIROZ GALVAO, ANDRADE GUTIERREZ, TOME ENGENHARIA; QUE,
dentre as empresas de médio porte, destaca: JARAGUA EQUIPAMENTOS,
CONSTRUCAP, ENGESA, DELTA, TOSHIBA, dentre outras que não recorda no momento; QUE, a pauta das reunioes das quais participou era relativa a contratos e comissões a serem pagas; QUE, deseja esclarecer que as comissoes eram obrigatórias, ou seja, as
empresas que não pagassem sofriam retaliações, podendo citar o caso da empresa DELTA."

47887 GASODUTO URUCU-COARI-MANAUS SKANSA BRASIL LTDA. State- Stablishing contracts with

The stretch B2, Anamã-Manaus extends for 186 km and was built by the consortium Camargo Correa / Skanska. It was budgeted at R $ 428 million.
Source:
http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/d15d360f644992c1dc2a76fcd38988ee.pdf