Actor: MO CONSULTORIA

Code: 
PR-FACOMC
Workspaces: 

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57686 MO CONSULTORIA CAMARA VASCONCELOS Economic - Financial transactions to "QUE, a respeito do que consta do Anexo 25, intitulado CAMARA VASCONCELOS, afirma que logo depois que acabou a campanha ou durante a campanha de 2010, houve um pedido de ARTUR DE LIRA para que fizesse um pagamento à empresa CAMARA VASCONCELOS, e o declarante o fez por meio da M.O. CONSULTORIA, mediante uma transferência bancária, sem respaldo em contrato ou nota fiscal; QUE o declarante nada sabe sobre as atividades da empresa CAMARA VASCONCELOS; QUE o depósito foi no valor de R$ 100.000,00"
57495 MO CONSULTORIA SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS Logistic - Serving as third party to "QUE, segundo recorda, houve uma tabela enviada por FABIANA ESTAIANO ao declarante através do email paulogoia58@hotmail.com. onde esta mencionado o comissionamento do declarante e o que seria "repasse", ou seja, os valores que a SANKO deveria repassar ao partido; QUE, perguntado do porque a SANKO repassaria valores ao partido, uma vez que não mantinha contratos diretos com a estatal, afirma que a SANKO teria sido contratada pela empresa CAMARGO CORREA principalmente para formalizar os repasses devidos pela CAMARGO CORREA ao PP; QUE, esse repasse da CAMARGO CORREA ao Partido Progressista por meio da SANKO era formalizado através de valores depositados junto a empresa MO CONSULTORIA;"
57146 MO CONSULTORIA GALVAO ENGENHARIA SA Economic - Simulating contracts with QUE, recorda-se que a primeira operação de comissionamento operacionalizada pela sua pessoa foi com a perante a empresa GALVAO ENGENHARIA, por volta do ano de 2005, sendo emitida uma nota da empresa MO CONSULTORIA; QUE, recorda-se que esse pagamento foi objeto de uma reunião onde o declarante foi apresentado ao Diretor da GALVAO ENHENHARIA, de nome DARIO ou EDUARDO, sendo que as tratativas posteriores, tanto em relação a obras quanto ao comissionamento e emissão de notas fiscais, foram feitas diretamente com um diretor de nome ERTON; QUE, a vista da foto de ERTON MEDEIROS FONSECA, CPF 065579318-65, Diretor da Divisa0 de Oleo e Gás da empresa GALVAO ENGENHARIA, reconhece como sendo a pessoa a quem se referiu anteriormente; QUE, perguntado se ERTON tinha autonomia para tratar de todas as questões que lhe eram submetidas, afirma que a maioria das decisões eram adotadas por ele, todavia em outras oportunidades o mesmo disse que iria responder depois, não sabendo se ERTON consultou algum outro dirigente da GALVAO;
57076 MO CONSULTORIA ALBERTO YOUSEFF Logistic - Serving as third party to QUE, os valores em espécie eram obtidos junto as contas da MO CONSULTORIA ou outras empresas de Waldomiro de Oliveira, junto a LABOGEM ou PIROQUIMICA
46703 MO CONSULTORIA ANGEL SERVICOS TERCEIRIZADOS LTDA Economic - Money laundering through Angel Serviços Terceirizados, empresa controlada por Carlos Habib Chater con la cual Alberto Youssef, como reveló la interceptaión de llamadas, mantenían intensas relaciones de mercado de divisas en el mercado negro.
46702 MO CONSULTORIA JN RENT A CAR Economic - Money laundering through Fueron identificadas transacciones de dinero desde MO Consultoría a la empresa JN Rent a Car Ltda, propiedad del ex diputado Jose Janene. 
46578 MO CONSULTORIA ANGEL SERVICOS TERCEIRIZADOS LTDA Economic - Financial transactions to "Foram identificadas transações da conta da MO Consultoria com pessoas relacionadas a Alberto Youssef, como Antônio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini, que esteve com ele envolvido na lavagem de recursos desviados da Copel (conforme delação premiada), e cujo escritório de advocacia figura como proprietário de veículo utilizado por Alberto Youssef, como verseá adiante. Também foram identificadas transações para a empresa JN Rent a Car Ltda., que foi de propriedade de José Janene, e Angel Serviços Terceirizados, que é empresa controlada por Carlos Habib Chater com o qual Alberto Youssef, como"
46577 MO CONSULTORIA JN RENT A CAR Economic - Financial transactions to "Foram identificadas transações da conta da MO Consultoria com pessoas relacionadas a Alberto Youssef, como Antônio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini, que esteve com ele envolvido na lavagem de recursos desviados da Copel (conforme delação premiada), e cujo escritório de advocacia figura como proprietário de veículo utilizado por Alberto Youssef, como verseá adiante. Também foram identificadas transações para a empresa JN Rent a Car Ltda., que foi de propriedade de José Janene, e Angel Serviços Terceirizados, que é empresa controlada por Carlos Habib Chater com o qual Alberto Youssef, como"
46329 MO CONSULTORIA SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS Economic - Financial transactions to abiana Estaiano envía a Márcio Bonilho, una planilla por correo electrónico. Las hojas de cálculo en cuestión revelan veinte transferencias de R $ 18,645,930.13 MO Consultoría. a las empresas de Sanko como resultado de acuerdos con el Consorcio Nacional Camargo Correa, que en el período comprendido entre el 23/07/2009 al 02/05 / 2012
46328 MO CONSULTORIA ANTONIO CARLOS BRASIL FIORAVANTE PIERUCCINI Economic - Financial transactions to A la cuenta de OM Consulting también se incluye transacciones sospechosas. Se identificaron en las transacciones de cuenta de OM Consultoría. personas relacionadas con Alberto Youssef, como Antonio Carlos Brasil y Fioravante Pieruccini, que estaba con él involucrado en el lavado y el desvío de recursos de Copel, y cuyo bufete de abogados figura como propietario del vehículo usado por Alberto Youssef.

Relaciones de este actor

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57729 LUIS NASCIMENTO MO CONSULTORIA Economic - Simulating contracts with "ABREU e LIMA CNCC- CAMARGO CORREA; QUE, o consorcio em questão era formado pelas empresas CAMARGO CORREIA e CNEC e teria sido contemplada com uma obra junto a refinaria Abreu e Lima em que pese a pressão para que isso não ocorresse por conta da Operação Castelo de Areia; QUE, houve um intenso "trabalho" para que esse resultado fosse obtido, por parte de JOSE JANENE e pelo declarante sendo que PAULO ROBERTO COSTA acabou assumindo a responsabilidade da outorga desse contrato ao consorcio CNCC; QUE, o contrato era em tomo de três bilhões de reais, sendo a comissão acertada de um por cento desse valor a ser pago de forma parcelada; QUE, recorda-se de que na época a conta contábil de débitos da CAMARGO CORREA estava em tomo de setenta Ou oitenta milhões de reais relativos a outras obras da empresa; QUE, assevera que os acionistas majoritários da CAMARGO CORREA, CARLOS PIRES e LUIS NASCIMENTO teriam concordado com essa comissão. QUE, a comissão em questão foi paga de maneiras diversas; QUE, o valor de cerca de seis milhões de reais foi pago em três parcelas por um fornecedor do consorcio com sede na cidade do Recife, tendo o declarante comparecido nessa cidade onde encontrou com o mesmo em um hotel na praia de Boa Viagem; QUE, nos lembra do nome do empresário ou da empresa em questão ou das datas em que esteve na referida cidade para buscar valores, sendo a ultima no final do ano passado; QUE, lembra ainda que na agenda do seu telefone blackberry que utilizava para falar com PAULO ROBERTO consta o nome desse empresário do Recife, cujo nome agora lembra ser OSVALDO, salvo engano; QUE, cerca de seis milhões de reais foi efetuada por meio de notas emitidas pelas empresas MO CONSULTORIA, RIGIDEZ ou RCI para uma empresa com sede no Rio Grande do Sul e que fornecia estruturas metálicas ao consorcio CNCC"
57102 ALBERTO YOUSEFF MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to "QUE se recorda de uma situação em que havia uma determinada situação em que houve determinado processo relacionado à contratação de serviços de marketing para a Petrobras e que teria sido interrompido em razão de irregularidades; QUE numa dessas "atas paralelas" o declarante recebeu a incumbência de pagar essas despesas das participantes em razão de determinação direta de SERGIO GABRIELI, então presidente, que teria repassado a determinação ao então Diretor PAULO ROBERTO COSTA; QUE como o contrato foi interrompido, o declarante pagou o restante dos valores devidos, se recordando do pagamento ter sido feito a partir de algumas TED a partir da conta da empresa MO CONSULTORIA E LAUDOS ESTATlsTICOS;"
57095 ALBERTO YOUSEFF MO CONSULTORIA Economic - Simulating contracts with QUE, questionado acerca de 7 quais empresas utilizava para emissão de notas, diz que utilizava as empresas de Waldomiro de Oliveira (MO CONSULTORIA, RCI e RIGIDEZ), empresas de LEONARDO MEIRELLES (não recordando o nome no momento) sendo que eventualmente a GFD emitiu notas também ficando o declarante, nesse caso, com a verba destinada a cobertura de custos de emissão de nota fiscal; QUE, as empresas MO CONSULTORIA, RCI e RIGIDEZ não possuíam funcionários ou qualquer estrutura operacional capaz de prestar qualquer serviço de assessoria, podendo afirmar com segurança que quaisquer contratos firmados pelas mesmas junto as empreiteiras eram fictícios e apenas manejados a fim de justificar a transferência de valores;
57091 WALDOMIRO DE OLIVEIRA MO CONSULTORIA Logistic - Decision-making and leadership (de facto) of QUE, questionado acerca de 7 quais empresas utilizava para emissão de notas, diz que utilizava as empresas de Waldomiro de Oliveira (MO CONSULTORIA, RCI e RIGIDEZ), empresas de LEONARDO MEIRELLES (não recordando o nome no momento) sendo que eventualmente a GFD emitiu notas também ficando o declarante, nesse caso, com a verba destinada a cobertura de custos de emissão de nota fiscal; QUE, as empresas MO CONSULTORIA, RCI e RIGIDEZ não possuíam funcionários ou qualquer estrutura operacional capaz de prestar qualquer serviço de assessoria, podendo afirmar com segurança que quaisquer contratos firmados pelas mesmas junto as empreiteiras eram fictícios e apenas manejados a fim de justificar a transferência de valores;
47966 WALDOMIRO DE OLIVEIRA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through WALDOMIRO DE OLIVEIRA admitiu por ocasião de seu interrogatório na ação penal 5026212-82.2014.404.7000 (evento 1.167 – Anexo 164) que foi responsável pela "gestão" das empresas MO Consultoria, Empreiteira Rigidez e RCI Software, figurando formalmente no quadro societário da primeira e possuindo procuração com amplos poderes para gerir as duas últimas. Reconheceu, ainda, que cedeu tais empresas e suas respectivas contas bancárias para ALBERTO YOUSSEF, a fim de que ele as utilizasse para o recebimento e distribuição da vantagem indevida (propina) e do produto e proveito do crime (viabilizando, mediante criação de negócios simulados e uso de interpostas pessoas, a lavagem dos ativos). Além disso, WALDOMIRO reconheceu que, para dissimular a natureza dos valores recebidos, foram elaborados entre os depositantes e as referidas empresas contratos de prestação de serviços ideologicamente falsos, assim como emitidas notas fiscais "frias". http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/eee2a75c72302ec6f0e9c9de989cc6e2.pdf
47964 WALDOMIRO DE OLIVEIRA MO CONSULTORIA Logistic - Being the representative of MO CONSULTORIA, EMPREITEIRA RIGIDEZ e RCI SOFTWARE, controladas diretamente por WALDOMIRO DE OLIVEIRA e indiretamente por ALBERTO YOUSSEF, http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/eee2a75c72302ec6f0e9c9de989cc6e2.pdf
47731 OAS LTDA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 563,100.00 en cuenta MO Ltda. por los Engenharia OAS e Participações S / A. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
47096 MEIRE BONFIM DA SILVA POZA MO CONSULTORIA Logistic - Supporting fraudulent accounting "169. Meire Bonfim da Silva Poza era contadora, proprietária da empresa Arbor Contábil, e prestava serviços de contabilidade para Alberto Youssef, inclusive para as empresas dele, quer a GFD Investimentos, quer as empresas de fachada MO Consultoria, Empreiteira Rigidez e RCI Software. Ouvida em Juízo, como testemunha, confirmou que as empresas eram controladas por Alberto Youssef, que elas recebiam depósitos vultosos de empreiteiras e que os contratos e notas fiscais emitidas para justificar os pagamentos eram fraudulentos. Transcrevo trecho:" ACCIÓN PENAL NO° 5023162-14.2015.4.04.7000
46974 SETAL OLEO E GAS S/A MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through To "provide consulting services in the business, tax, labor and audit areas", with a remuneration of R $ 3,000,000.00, dated March 27, 2009, and signed by Augusto Mendonça and Waldomiro de Oliveira, with additive in 03/07/2009, in the amount of R $ 390,190.00. For this contract, the following payments, totaling R $ 3,390,190.00, with invoices issued against Setal Engenharia as "service rendering" and accompanied by bank transfers in favor of MO Consultoria
46918 SETEC TECNOLOGIA S/A MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to The values were then transferred to the front companies MO Consultoria, Contractor Rigidez and RCI Software, all controlled by Alberto Youssef. For the transfer, contracts were simulated between SETEC and the companies MO, RCI and Rigidez and issued fraudulent invoices that led to transfers between 03/26/2009 to 02/16/2012 of around R $ 20,673,653.76. The contracts and notes are listed in the table of fls. 125127 of the complaint. The cash was then directed to the Supply Directorate, specifically to Paulo Roberto Costa.
46771 SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to "Consórcio Nacional Camargo Correa e a Construções Camargo Correa S/A simularam contratos de prestação de serviços e incluíram preços superfaturados para fornecimento de mercadorias em contratos com as empresas Sanko Sider e Sanko Serviços, tendo realizado a elas pagamentos, entre 06/2009 a 12/2003, de cerca de R$ 194.081.716,00, com posterior redirecionamento, pelas empresas Sanko, de cerca de R$ 36.876.887,75, às contas controladas por Alberto Youssef, especificamente GFD Investimentos, MO Consultoria e Empreiteira Rigidez, utilizando, para tanto, contratos de prestação de serviços simulados. Waldomiro de Oliveira, controlador das empresas MO Consultoria e Empreiteira Rigidez, teria auxiliado Alberto Youssef na prática dos crimes. Pág. 5"
46742 INVESTMINAS PARTICIPACOES SA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to """388. Constam por exemplo, segundo Laudo Pericial 190/2012, que não é completo pois na época de sua produção estavam pendentes informações bancárias, somente nas contas da MO Consultoria: ­ depósitos de R$ 4.317.100,00 na conta da MO Consultoria por parte de Investminas Participações S/A;"" P. 88"
46709 COESO ENGENHARIA LTDA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria.
46708 OAS LTDA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria.
46707 GALVAO ENGENHARIA SA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria.
46706 JARAGUA EQUIPO INDUSTRIAL MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria.
46705 CONSORCIO RNEST - CONEST MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through "Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria. "
46704 INVESTMINAS PARTICIPACOES SA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through "Los rompimientos de silencio bancario revelaron que las principales empresas constructoras del país hicieron depósitos considerables en cuentas controladas por Alberto Youssef, a través de la empresa off shore MO Consultoria. "
46700 ANTONIO ALMEIDA SILVA MO CONSULTORIA Logistic - Supporting fraudulent accounting Transferencia, transferencia bancaria era por el Sr. Antonio Almeida Alves, que se hizo cargo de parte de la emisión de billetes y se encargó de la parte financiera, el control del dinero que entraba dónde iba y hacía todo el impuesto sobre la renta de contabilidad. Todo lo que era la parte tributaria de la empresa era con Antonio. Todo esto se hacía a través de las empresas: MO Consultoria, Empreiteira Rigidez e RCI.
46676 ENGEVIX ENGENHARIA SA MO CONSULTORIA Economic - Money laundering through La empresa Engevix Engenharia S/A, individualmente o actuando en nombre del Consorcio, falsificó contratos de servicios con empresas controladas por Alberto Youssef,  GFD Investimentos, MO Consultoria e Empreiteira Rigidez y , pasando a él os recursos criminales  obtenidos  con los crímenes de fondo del cartel y el ajuste de licitación fraudulenta. Waldomiro de Oliveira, regulador de las empresas Empreiteira Rigidez  MO Consultoria, habría ayudado a Alberto Youssef en la comisión de los delitos. Los valores lavados eran posteriormente destinados a  Diretoria  de  Abastecimento, comandada por Paulo Roberto Costa,
46595 COESO ENGENHARIA LTDA MO CONSULTORIA Economic - Simulating contracts with "Em 01/12/2010, foi celebrado entre a COESA, representada por pessoa não identificado, e a MO Consultoria, representada por Waldomiro de Oliveira, contrato de prestação de serviços. O contrato previa pela MO Consultoria a prestação de serviços de ""consultoria fiscal e trabalhista, conforme sua expertise"", tendo como contraprestação o pagamento de R$ 464.048,70. Relativamente a esse contrato foram identificados pagamentos, por notas fiscais, de R$ 464.048,00, e por depósito em conta da MO Consultoria de R$ 435.509,70 líquidos em 03/01/2011. Os documentos estão no evento 21 do inquérito 504546386.2014.404.7000."
46584 CONSORCIO RNEST - CONEST MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to "depósitos de R$ 3.260.349,00 na conta da MO Consultoria por parte de Consórcio RNEST O. C. Edificações, liderado pela empresa Engevix Engenharia S/A"
46581 CONSORCIO RNEST - CONEST MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to "depósitos de R$ 3.260.349,00 na conta da MO Consultoria por parte de Consórcio RNEST O. C. Edificações, liderado pela empresa Engevix Engenharia S/A"
46580 INVESTMINAS PARTICIPACOES SA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to "Constam por exemplo, segundo Laudo Pericial 190/2012, que não é completo pois na época de sua produção estavam pendentes informações bancárias, somente nas contas da MO Consultoria: depósitos de R$ 4.317.100,00 na conta da MO Consultoria por parte de Investminas Participações S/A;"
46371 ARBOR CONSULTORIA AND ASSESSORIA CONTABIL MO CONSULTORIA Logistic - Supporting fraudulent accounting Meire Bonfim da Silva Poza se escuchó como testigo en el proceso penal relacionados 502569917.2014.404.7000 y esta acción penal (eventos 772 y 915). Se ha dicho, en esencia, que, como propietario de la empresa de contabilidad Arbor de consultoría y asesoría de contabilidad, proporcionó servicios de contabilidad para el grupo criminal encabezada por Alberto Youssef. Alberto Youssef controlaría la distribución general de alimentos Inversiones y habría utilizado las empresas de Oliveira Waldomiro, incluyendo el MO Consulting, rigidez contratista y RCI Software para el fraude financiero.
46360 RFY IMPORT & EXPORT LTDA. MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to En el correo electrónico dubay66@hotmail.com, utilizado por Leonardo Meilleres se encontró evidencia que la empresa RFY Import & Export Ltda. Es una empresa Off Shore, controlada por Pedro Argese, a través de la cual MO Consultoría enviaba el dinero lavado a cuentas en el banco HSBC de Honh Kong.
46357 CONSORCIO SEHAB LTDA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 431,710.00 en cuenta MO Consulting por SEHAB Consorcio, dirigido por la Constructora OAS Ltda. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46354 COESO ENGENHARIA LTDA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 435,509.72 en cuenta MO Consulting por el Coeso Engenharia Ltda. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46352 OAS LTDA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 563,100.00 en cuenta MO Ltda. por los Engenharia OEA e Participações S / A. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46350 OAS LTDA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 619,410.00 en cuenta MO Ltda. por la Constructora OAS Ltda. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46349 GALVAO ENGENHARIA SA MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to epósitos de R $ 1,530,158.56 en la cuenta MO Ltda. por Galvão Engenharia S / A. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46347 JARAGUA EQUIPO INDUSTRIAL MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 1,941,944.24 en la cuenta de MO Ltda. por Jaragua Equipo Industrial. Empresa que tiene contratos con Petrobrás.
46345 CONSORCIO RNEST - CONEST MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Depósitos de R $ 3,260,349.00 en la cuenta de MO Consultoría. por el Consorcio RNEST O. C. Construcción, encabezados por la empresa Engevix Engenharia S / A; Empresa que tiene contratos on Petrobrás.
46324 PETROLEO BRASILEIRO SA -PETROBRAS MO CONSULTORIA State- Stablishing contracts with En los registros e incautaciones llevadas a cabo en la etapa de investigación, que aún no ha captado contrato entre Sanko Servicios y Mo Consultoría de 05/07/2011, firmado por Fabiana Estaiano, Directora financiera de Sanko, y por Waldomiro de Oliveira para MO Consulting (evento 488, apinqpol17 archivo, pgs. 2630, la encuesta 504955714.2013.4047000). Se indica que el objeto de los servicios proporcionada por MO y Sanko estaba vinculada a al Consorcio Nacional Camargo Correa. Por lo tanto, hay un flujo financiero probado entre Petrobras, el CNCC y Constructora Camargo Correa, Sanko Sider, Sanko Servicios y MO Ltda.
46316 SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Empresas Sanko Sider Ltda. y Sanko Topografía y Cartografía de Servicios, transfiere entre 2009 y 2013, aproximadamente R $ 26,040,314.18 a la empresa empresa MO Consultoria Ltda.
46294 ALBERTO YOUSEFF MO CONSULTORIA Logistic - Decision-making and leadership (de facto) of Las empresas MO y GFD eran controladas por Alberto Youssef. Cerca de R $ 26,040,314.18, entre 2009 y 2013, fueron transferidos en setenta transacciones, de empresas de servicios Sanko a MO a y Sanko Sider. Según lo revelado por la corte autorizada rompe la banca y el secreto fiscal, así como las hojas de cálculo incautado durante la investigación criminal. Mo era una empresa fachada sin existencia, mientras GFD era utilizada para ocultafr el patrimonio de Youssef.
46293 ALBERTO YOUSEFF MO CONSULTORIA Logistic - using companies to commit fraud Las empresas MO y GFD eran controladas por Alberto Youssef. Cerca de R $ 26,040,314.18, entre 2009 y 2013, fueron transferidos en setenta transacciones, de empresas de servicios Sanko a MO a y Sanko Sider. Según lo revelado por la corte autorizada rompe la banca y el secreto fiscal, así como las hojas de cálculo incautado durante la investigación criminal. Mo era una empresa fachada sin existencia, mientras GFD era utilizada para ocultafr el patrimonio de Youssef.
46290 SANKO SIDER E SANKO SERVICIOS MO CONSULTORIA Economic - Financial transactions to Las empresas MO y GFD eran controladas por Alberto Youssef. Cerca de R $ 26,040,314.18, entre 2009 y 2013, fueron transferidos en setenta transacciones, de empresas de servicios Sanko a MO a y Sanko Sider. Según lo revelado por la corte autorizada rompe la banca y el secreto fiscal, así como las hojas de cálculo incautado durante la investigación criminal. Mo era una empresa fachada sin existencia, mientras GFD era utilizada para ocultafr el patrimonio de Youssef.