Relationship Type: Logistic - Legal Ownership of Company

Workspaces: 

Relaciones de este tipo

ID Actor 1 Actor 2 Tipo Evidencia
57745 CESAR ROBERTO SANTOS GDK Logistic - Legal Ownership of Company

QUE, em relação a empresa GDK, afirma tratar-se de uma empresa de médio/pequeno porte, cujo titular CEsAR ROBERTO SANTOS OLIVEIRA

47938 RENATO TIRABOSCHI SLANEY TRADING LIMITED Logistic - Legal Ownership of Company

SLANEY TRADING LIMITED de RENATO TIRABOSCHI http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/bb60e4a1796d08423e22c95a0518c5d3.pdf

47917 HSIN CHI SU NOBU SU TITANIUM EXPLORER Logistic - Legal Ownership of Company

3) o executivo chinês NOBU SU, presidente da empresa chinesa TMT, proprietária do navio afretado pela VANTAGE a PETROBRAS, que ficou responsável pelo pagamento da propina; http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/bb60e4a1796d08423e22c95a0518c5d3.pdf

47914 TAIWAN MARITIME TRANSPORTATION CO. VANTAGE DRILLING INTERNATIONA CORPORATION Logistic - Legal Ownership of Company

TITANIUM EXPLORER, contratado da empresa VANTAGE DRILLING (de propriedade da empresa chinesa TAIWAN MARITIME TRANSPORTATION CO. LTD. (TMT).
Source:
http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/bb60e4a1796d08423e22c95a0518c5d3.pdf

47746 RODRIGO HENRIQUE GOMES DE OLIVEIRA SROUR DISTRICASH DISTRIBUIDORA DE TITULOS E VALORES MOBILIARIOS Logistic - Legal Ownership of Company

Raul seria o líder do grupo criminoso, Rodrigo estaria envolvido da parte administrativa-burocrática da Districasch, além de ser o proprietário formal da Districash, Rafael estaria envolvido na execução das operações de câmbio fraudulentas, além de ter cedido sua própria conta para movimentação de valores do grupo, Valmir seria responsável pelo recolhimento, transporte, depósito e saque de valores em espécie relativamente às operações de câmbio fraudulentas, além de ter cedido conta em seu próprio nome para movimentação do grupo, Maria Lúcia seria subordinada de confiança de Raul, estaria envolvida na remessa ao Banco Central das informações falsas sobre as operações de câmbio fraudulentas e figuraria formalmente no quadro social de empresa utilizada por Raul para a movimentação no âmbito do mercado de câmbio negro.
Source:
http://d1ao0r2iuz522v.cloudfront.net/bcbf0588dd7d4ff58f83b6fd9ebb8e64.html

47704 ENIVALDO QUADRADO BONUS BANVAL Logistic - Legal Ownership of Company

Quadrado and Breno Fischberg, owners of brokerage Bonus Banval, were sentenced to five years and nine months and five years and 10 months in prison, respectively, due to their responsability for money laundering for defendants of the Progressista Party (PP) through Bonus Banval. Quadrado will still have to pay a fine in the amount of R $ 28.6 thousand and Fischberg, of R $ 858 thousand.

https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/julgamento-do-mensalao/stf...

47695 FERNANDO CAVENDISH DELTA CONSTRUCTIONS Logistic - Legal Ownership of Company

A corruption scheme which, according to the Brazilian Public Prosecutor's Office, involved 18 front companies that laundered at least R$ 370 million (US$ 115 million) in public money led constructor Fernando Cavendish, the owner of construction company Delta, to become the target of an arrest warrant

47492 OSWALDO RODRIGUES VIEIRA FILHO REMAR AGENCIAMENTO E ASSESSORIA LTDA. Logistic - Legal Ownership of Company

"Estranhamente, foram apreendidos contratos que revelam outra origem
para os valores repassados pela Bertin Ltda. para a Remar Agenciamento. Com efeito, em
busca e apreensão realizada na Arbor Contábil, escritório de contabilidade de Meire Pozza,
que fazia a contabilidade das empresas controladas por Alberto Youssef, foi apreendido
contrato de mútuo celebrado, em 22/10/2004, entre a empresa 2S Participações Ltda., de
titularidade de Marcos Valério Fernandes de Souza, e a empresa Remar Agenciamento e
Assessoria Ltda., no montante de R$ 6.000.000,00, de titularidade de Oswaldo Rodrigues
Vieira Filho (evento 496, anexo2). Pelo contrato, a 2S repassaria seis milhões de reais à
Remar e que os devolveria em cinco anos a partir de 31/05/2005."

47490 MARCOS VALERIO 2S PARTICIPACOES LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

"Estranhamente, foram apreendidos contratos que revelam outra origem
para os valores repassados pela Bertin Ltda. para a Remar Agenciamento. Com efeito, em
busca e apreensão realizada na Arbor Contábil, escritório de contabilidade de Meire Pozza,
que fazia a contabilidade das empresas controladas por Alberto Youssef, foi apreendido
contrato de mútuo celebrado, em 22/10/2004, entre a empresa 2S Participações Ltda., de
titularidade de Marcos Valério Fernandes de Souza, e a empresa Remar Agenciamento e
Assessoria Ltda., no montante de R$ 6.000.000,00, de titularidade de Oswaldo Rodrigues
Vieira Filho (evento 496, anexo2). Pelo contrato, a 2S repassaria seis milhões de reais à
Remar e que os devolveria em cinco anos a partir de 31/05/2005."

47438 FERNANDO SCHAHIN BANCO SCHAHIN Logistic - Legal Ownership of Company

Salim Taufic Schahin, Milton Taufic Schahin e Fernando Schahin,
proprietários e executivos do Grupo Schahin, responderiam pelos crimes de
corrupção ativa,
tanto pela vantagem indevida paga a Eduardo Musa como pela vantagem
indevida concedida
a terceiros (José Carlos Bumlai e o Partido dos Trabalhadores). Aos dois primeiros
é ainda
atribuída responsabilidade, como controladores do Banco Schahin, pela
concessão, renovação
e quitação fraudulenta do empréstimo a José Carlos Bumlai

47436 MILTON TAUFIC SCHAHIN BANCO SCHAHIN Logistic - Legal Ownership of Company

Milton Taufic SchahinSalim Taufic Schahin, Milton Taufic Schahin e Fernando Schahin,
proprietários e executivos do Grupo Schahin, responderiam pelos crimes de
corrupção ativa,
tanto pela vantagem indevida paga a Eduardo Musa como pela vantagem
indevida concedida
a terceiros (José Carlos Bumlai e o Partido dos Trabalhadores). Aos dois primeiros
é ainda
atribuída responsabilidade, como controladores do Banco Schahin, pela
concessão, renovação
e quitação fraudulenta do empréstimo a José Carlos Bumlai

47434 SALIM TAUFIC SCHAHIN BANCO SCHAHIN Logistic - Legal Ownership of Company

Salim Taufic Schahin, Milton Taufic Schahin e Fernando Schahin,
proprietários e executivos do Grupo Schahin, responderiam pelos crimes de
corrupção ativa,
tanto pela vantagem indevida paga a Eduardo Musa como pela vantagem
indevida concedida
a terceiros (José Carlos Bumlai e o Partido dos Trabalhadores). Aos dois primeiros
é ainda
atribuída responsabilidade, como controladores do Banco Schahin, pela
concessão, renovação
e quitação fraudulenta do empréstimo a José Carlos Bumlai
Milton Taufic Schahin Being the owner of Grupo Schahin
Salim Taufic Schahin, Milton Taufic Schahin e Fernando Schahin,
proprietários e executivos do Grupo Schahin, responderiam pelos crimes de
corrupção ativa,
tanto pela vantagem indevida paga a Eduardo Musa como pela vantagem
indevida concedida
a terceiros (José Carlos Bumlai e o Partido dos Trabalhadores). Aos dois primeiros
é ainda
atribuída responsabilidade, como controladores do Banco Schahin, pela
concessão, renovação
e quitação fraudulenta do empréstimo a José Carlos Bumlai

47419 JOSE CARLOS COSTA MARQUES BUMLAI AGROCAIERAS Logistic - Legal Ownership of Company

empréstimo, com vencimento previsto para 03/11/2005, não foi pago e nem
possuía garantia. Foi ele sucessivamente aditado, apenas para incorporação dos
encargos nãopagos.
Ao final de 2015, foram concedidos pelo Banco Schahin empréstimos de R$
18.204.036,81 a AgroCaieras, empresa constituída por José Carlos Bumlai, apenas
para quitar
o empréstimo a título pessoal. Em 28/03/2007, o Banco Schahin cedeu o crédito,
no montante
de R$ 21.267.675,99 à Schahin Securitizadora de Crédito. A divída, sem que
tivesse havido
qualquer pagamento até então, foi quitada em 28/12/2009, mediante prévio
contrato de
transação, liquidação e dação em pagamento de embriões de gado bovino por
José Carlos
Bumlai a empresas do Grupo Schahin, e que foi celebrado em 27/01/2009. A
dação em
pagamento teria sido simulada, pois os embriões bovinos nunca foram entregues

47401 MILTON PASCOWITCH JD ASSESSORIA E CONSULTORIA LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

A denúncia também reportase a contrato celebrado em 15/04/2011 entre a Jamp Engenheiros Associados, empresa de Milton Pascowitch, e a JD Assessoria e Consultoria Ltda., controlada por José Dirceu. O contrato deu causa a emissão de treze notas fiscais e repasses, entre 20/04/2011 a 27/12/2011, no total de R$ 1.006.235,00 da Jamp para a JD. Os valores seriam propina, sendo o contrato simulado. Pág. 7

47125 CARLOS HABIB CHATER POSTO DA TORRE LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

As informações do fluxo financeiro do Posto da Torre foram extraídas de um CD apreendido pela Polícia Federal nas dependências do estabelecimento, cujo proprietário é o doleiro Carlos Habib Chater, réu da Lava Jato. https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/505285/noticia.html?...

46877 RICARDO HOFFMANN BORGHI LOWE PROPAGANDA E MARKETING LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

"3. Segundo a denúncia, o acusado Ricardo Hoffmann, dirigente
da agência de publicidade Borghi Lowe Propaganda e Marketing Ltda., filial Brasília,
teria oferecido vantagem indevida ao então Deputado Federal André Vargas, com a
finalidade de que ele interviesse para que referida empresa fosse contratada
para agenciar serviços de publicidade para a Caixa Econômica Federal e para o
Ministério da Saúde.
"

46842 JULIO GERIN DE ALMEIDA CAMARGO AUGURI EMPREENDIMENTOS LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

"Julio Camargo teria então promovido, com recursos próprios, a
transferência de R$ 11.730.918,57 das empresas Auguri Empreendimentos Ltda.,
Treviso Empreendimentos Ltda. e Piemonte Emprendimentos Ltda. para conta da
empresa GFD Investimentos, controlada por Alberto Youssef, entre 25/03/2010 a
20/09/2011, acobertando as transferências com contratos de mútuos simulados. Os valores foram então repassados por Alberto Youssef a Fernando Soares. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum... Pág. 4"

46832 JULIO GERIN DE ALMEIDA CAMARGO PIEMONT INVESTMENT CORP Logistic - Legal Ownership of Company

Parte do pagamento da propina foi realizado por transferências diretas entre as empresas de Júlio Camargo, Piemonte Empreendimentos Ltda. e Treviso Empreendimentos Ltda. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum... Pág. 4

46651 RICARDO RIBEIRO PESSOA UTC ENGENHARIA S/A Logistic - Legal Ownership of Company

empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, um dos delatores da Operação Lava Jato, a 8 anos e dois meses de prisão por corrupção e organização criminosa.  http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/moro-condena-ricardo-...

46536 AGENOR FRANKLIN MAGALHAES MEDEIROS OAS LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

"s.
273. Também confirmou a participação da OAS no cartel e nos ajustes
das licitações, a partir aproximadamente de 2006, e afirmou que ela teria sido
representada inicialmente pelo acusado José Adelmário Pinheiro Filho e depois por
Agenor Franklin Magalhães Medeiros."

46534 AUGUSTO RIBEIRO DE MENDONCA NETO SETAL OLEO E GAS S/A Logistic - Legal Ownership of Company

"Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, dirigente da Setal Oleo e Gas
S/A (SOG), uma das empreiteiras envolvidas no esquema criminoso, celebrou acordo
de colaboração premiada com o Ministério Público Federal (processo 507344138.2014.4.04.7000,
cópia do acordo no evento 1, out71). Foi ouvido como
testemunha neste feito. Em síntese, no depoimento degravado no evento 248,
admitiu a existência do cartel, os ajustes para frustrar as licitações e o pagamento de
propinas a agentes da Petrobrás. O cartel teria funcionado de forma mais efetiva a
partir de 2004 ou 2005, já que teria havido concomitantemente a cooptação dos
Diretores da Petrobrás para que não atrapalhassem o seu funcionamento. A partir das
licitações das obras do COMPERJ, por volta de 2011, o cartel teria perdido sua
eficácia porque a Petrobrás teria começado a convidar outras empresas, dificultando
os ajustes. 39 "

46490 RUBENS DE ANDRADE FILHO CSA PROJECT FINANCE LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

O quadro social da CSA era composto por Rubens de Andrade Filho e Carlos Alberto Pereira da Costa (inquérito 2006.7000018662-0, cópia no evento 3, anexo 131, fls. 63-70). Rubens de Andrade Filho assinou o memorando de entendimento pela CSA, enquanto Carlos Alberto assinou o documento como testemunha. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... Pág. 17

46489 HERMES FREITAS MAGNUM HERMES ME Logistic - Legal Ownership of Company

Pela Dunel e pela Hermes ME assinaram o memorando Hermes Freitas Magnus e Maria Teodora Silva. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... Pág. 17

46470 ASSAD JANNANI JN RENT A CAR Logistic - Legal Ownership of Company

"Equipamentos industriais foram transferidos para galpão da empresa JN
Rent a Car, de Assad Jannani, irmão de José Janene. Posteriormente, Hermes Feitas Magnus e Maria Teodora Silva teriam sido afastados da gerência da empresa. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... pág. 3"

46466 EDIEL VIANA FILHO ANGEL SERVICOS TERCEIRIZADOS LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

Ainda segundo a denúncia, durante a investigação, o acusado Ediel Viana Filho teria apresentado, em 23/07/2012, à Polícia Federal, agindo por ordem de Carlos Habib Chater e Dinorah Abrão, um contrato de mútuo idologicamente falso (fl. 1.862 do inquérito), a fim de justificar falsamente depósito efetuado, no valor de $130.013,50, pela empresa Angel Serviços Terceiriados Ltda. em favor da empresa CSA -Project Finance para o empreendimento em Londrina. O contrato de mútuo está assinado pelos acusados Ediel Viana da Silva e Rubens de Andrade Filho. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... pág. 3

46458 HERMES FREITAS MAGNUM DUNEL INDUSTRIA Logistic - Legal Ownership of Company

"Cerca de R$ 1.165.600,08 em recursos criminosos, de titularidade de José Janene, teriam, por sua vez, sido investidos subrepticiamente em empreendimento industrial em Londrina, especificamente na empresa Dunel Indústria, que seria de Hermes Freitas Magnus e Maria Teodora Silva. Destes. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... pág.2
"

46456 MARIA TEODORA SILVA DUNEL INDUSTRIA Logistic - Legal Ownership of Company

"Cerca de R$ 1.165.600,08 em recursos criminosos, de titularidade de José Janene, teriam, por sua vez, sido investidos subrepticiamente em empreendimento industrial em Londrina, especificamente na empresa Dunel Indústria, que seria de Hermes Freitas Magnus e Maria Teodora Silva. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/decisoes-da-justica/do... pág.2
"

46376 PETER ARGESE JUNIOR PIROQUIMICA COMERCIAL LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

Peter Argese junior (Evento 14, archivo autoqualific5, la encuesta 504955714.2013.404.7000) declaró ser dueño de Piroquimica y Director de Labogen. Sería responsable de la parte comercial. Él declaró que Leonardo Meirelles se hizo cargo de la parte financiera y las cuentas de Piroquimica, Industria y Labogen Labogen. Admitió que los contratos de intercambio de empresas Labogen, Industria y Labogen Piroquímica fueron fraudulentos ("los valores relacionados con los contratos de cambio eran en realidad remitidos al exterior, aunque en realidad no corresponden a una importación efectuada por la Industria Química Labogen Labogen y Piroquímica ").

46370 MEIRE BONFIM DA SILVA POZA ARBOR CONSULTORIA AND ASSESSORIA CONTABIL Logistic - Legal Ownership of Company

Meire Bonfim da Silva Poza se escuchó como testigo en el proceso penal relacionados 502569917.2014.404.7000 y esta acción penal (eventos 772 y 915). Se ha dicho, en esencia, que, como propietario de la empresa de contabilidad Arbor de consultoría y asesoría de contabilidad, proporcionó servicios de contabilidad para el grupo criminal encabezada por Alberto Youssef. Alberto Youssef controlaría la distribución general de alimentos Inversiones y habría utilizado las empresas de Oliveira Waldomiro, incluyendo el MO Consulting, rigidez contratista y RCI Software para el fraude financiero.

46257 MARIA LUCIA CARDENA KLT AGENCIA DE VIAGENS LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

Juiz Federal:­ E o senhor também era proprietário da KLT? Raul Henrique Srour:­ Na verdade, ela está em nome da Maria Lúcia. Pg. 30

46219 RAUL HENRIQUE SROUR DISTRICASH DISTRIBUIDORA DE TITULOS E VALORES MOBILIARIOS Logistic - Legal Ownership of Company

Raul (Srour) seria o líder do grupo criminoso. Rodrigo (Srour) estaria envolvido na parte administrativo­burocrática da Districash, além de ser o proprietário formal da empresa. Pg. 2

46173 CARLOS HABIB CHATER POSTO DA TORRE LTDA Logistic - Legal Ownership of Company

Em seguida, em 13/09/2013, por solicitação de Rene e Sleiman, Carlos Habib, proprietário do Posto da Torre, determinou a André Catão de Miranda, gerente financeiro da empresa Posto da Torre. http://lavajato.mpf.mp.br/atuacao-na-1a-instancia/denuncias-do-mpf/docum... Pág. 2